Alerta Nerd: Conheça a série distópica ''Mundo em Caos'', do autor Patrick Ness.












Hey pessoal, espero que todos estejam bem. Os últimos ''Alertas Nerds'' sempre foram sobre livros que, infelizmente ainda, não foram lançados no Brasil. Pensando nisso resolvi fazer esse sobre uma série (que será uma das minhas futuras leituras) e que aleluia, já foi publicada nesse Brasil de meu Deus e pelo que percebi poucas pessoas conhecem.

Originalmente a série chama-se Chaos Walking, mas aqui ficou conhecida por Trilogia Mundo em Caos, e foi escrita pelo autor Patrick Ness. A série é composta pelos livros: O Motivo, A Missão e A Guerra, no Brasil a série foi publicada pela Editora Pandorga.

A trilogia Mundo em Caos é ambientada em um futuro distópico, no qual a humanidade colonizou um planeta semelhante à Terra. Quando uma epidemia torna todos os pensamentos audíveis, a privacidade desaparece de uma hora para a outra. No caos que se segue, um tirano corrupto ameaça controlar os assentamentos humanos e entrar em guerra com a raça alienígena local, cabe a Todd Hewitt, um garoto de doze anos impedir a destruição do planeta.

A série é uma das grandes apostas para substituir Jogos Vorazes. Sim os direitos para uma adaptação cinematográfica foram comprados pela Lionsgate, logo na época em que a adaptação do romance de Collins rendia cifras para o estúdio. Charlie Kaufman (roteirista de Quero Ser John Malkovich, Confissões de uma Mente Perigosa e diretor de Sinédoque, Nova Iorque) ficou responsável por adaptar a série YA para as telonas. Eis o pronunciamento oficial do estudio:
"Embora essas histórias sejam definidas em um momento crítico, no futuro, eles falam sobre o que está acontecendo em todo o mundo hoje, e sobre o poder dos jovens para desafiar o status quo e mudar o curso do nosso futuro", disse Alli Shearmur, presidente da Motion Picture Production e Desenvolvimento da Lionsgate, que estará supervisionando a produção para o estúdio, com o vice-presidente sênior da Motion Picture Production Jim Miller. "Nós nos sentimos privilegiados por estar trazendo esses livros poderosos e requintado para a vida cinematográfica."
O terceiro livro da série, publicado em 2010, ganhou em 2011 a Medalha Carnegie, prêmio britânico para livros infantis e infanto-juvenis. As capas das edições brasileiras deixaram um pouco a desejar em relação as americanas, você pode conferi-las logo abaixo junto com a sinopse de O Motivo, lembrando que não colocarei a sinopse dos outros livros pois podem conter spoilers.


Todd Hewitt é um garoto de doze anos, o último menino de Prentisstown, uma cidade de homens. Ele vive em um mundo cheio de "ruído" em que os pensamentos privados de todo homem e animal são audíveis. Em um mês ele estará com treze anos e será um homem. Mas a cidade está mantendo segredos para ele, segredos que vão forçá-lo a fugir do prefeito e dos homens de Prentisstown junto com seu cachorro e a primeira garota que ele já conheceu. A cada página, o leitor ficará cada vez mais ligado a Todd e Viola, com sua história de amizade, e sentirá afeição genuína por Manchee, cão e ajudante de Todd, cujo comportamento é hilário e comovente. Na sua essência, é uma história sobre um garoto forçado a crescer rapidamente em um mundo de ruínas em loucura e armado apenas com sua convicção de fazer a coisa certa para ajudá-lo a sobreviver. Todd vive em um mundo onde um germe matou todas as mulheres, um germe que deixou os homens loucos, o germe que significou o fim dos spackles quando a loucura dos homens colocou as mãos numa arma.
Livro Dois.                                           Livro Três.
Bem pessoal é isso espero que tenham gostado. Você já leu o livro, o que achou? Se interessou pela estória? Deixe um comentário falando a respeito.

1 comentários:

  1. Bacana o blog!

    Seriados nerds são bons!

    Dê uma olhada no nosso post top 10 seriados NERD em http://nerdwiki.com/2013/10/29/top-10-seriados-nerd-1/

    Dê uma força, sei que ela está com você!
    Obrigado.

    ResponderExcluir

 
Copyright 2013 Sede de Ficção. Design por Adália Sá | Editado por Valbert Moraes.